sexta-feira, 1 de março de 2013

As Lágrimas




Sentei-me !
Com um olhar vago a pensar em ti...
Na minha cabeça bailavam
 turbilhões de pensamentos!...
 A ponto de a garganta ficar esganada
Sentia-me sem ar, com uma dor no peito
E, de repente uma lágrima se desprendeu
E logo outra e mais outra!...
Limpava-as com as costas das mãos
havia outras que ficavam presas no contorno do pescoço
e que caíam lentamente...
Inclinei  a minha cabeça para trás
como a querer segurar as lágrimas dentro das orbitas
mas elas teimavam a cair pela cara...
Chorava , chorava ,!...
 Agonizante era a minha dor, de te ter perdido...



1 comentário:

  1. Em homenagem aqueles que este ano partiram para outra dimensão...

    ResponderEliminar